Delinda Fontana

Casada com Alberto Stanger

Download

Clique no botão ao lado para fazer o download destas

e de outras  informações de Delina Fontana

Delinda nasceu em Meleiro no dia 19 de dezembro de 1928, filha de Anna Gracia Fachin e Francisco Fontana. Era uma moça trabalhadeira, dedicada, carinhosa, prestativa e muito prendada. Ela ajudava seus pais em casa. Sempre foi uma boa pessoa. Teve uma infância muito feliz.

 

Delinda conhecia Alberto desde criança, pois eles sempre brincavam juntos e eram vizinhos. Alberto Stanger era um homem muito trabalhador, honesto, vivia de bem com a vida, prestativo a sua comunidade, estava sempre disposto a ajudar os outros, um homem de igreja, muito católico.

 

Antes de Alberto se casar com Delinda, ele foi casado com sua irmã Ana Vitória. Após o falecimento de Ana Vitória, Alberto passou muita dificuldade porque tinha quatro filhas pequenas para criar, duas eram gêmeas e eram bebês ainda. Passado 6 meses do falecimento de Ana Vitória, Alberto e Delinda se casaram no dia 17 de julho de 1958.

 

Sendo assim, Delinda, que era cunhada de Alberto e, agora, sua esposa, ajudou na criação de três filhas de Alberto. Uma das filhas de Alberto com Ana Vitória foi criada pelos avós paternos. Logo Delinda engravidou de gêmeos. No dia 03 de setembro de 1958, nasceram Aquilino e Arcelino.

Arcelino, com apenas 3 meses de vida veio a falecer por causa de uma pneumonia. Depois tiveram mais 4 filhos: Juarez, Célia, Ivone e Zélio.

 

Com muita dificuldade, mas nunca faltando amor e alegria dentro de casa, conseguiram criar todos os filhos e ajudaram também na criação de uma neta. Eram católicos praticantes, sempre levavam todos os seus filhos a igreja. Aos domingos reuniam todos os familiares e Delinda fazia muitas guloseimas e todos se divertiam muito. Eram felizes.

 

Ao passar dos anos Delinda ficou doente, tinha diabete. No dia 13 de agosto de 2001 ela veio a falecer. Causa da morte: parada cardiorespiratória e diabetes. Logo após a morte de Delinda, Alberto desanimou por ter perdido sua esposa e também ficou doente. Foi descoberto um tumor no cérebro. Ele foi perdendo a visão aos poucos e dois meses antes de falecer perdeu-a totalmente por causa do tumor. Seis meses após a morte de Delinda, Alberto veio a falecer, no dia 03 de fevereiro de 2002.

 

Todos os filhos se casaram. E em 2002 o seu filho mais novo, Zélio, ficou doente e veio a falecer no dia 05 de setembro de 2012, vítima de leucemia. O casal deixou 8 filhos, muitos netos e bisnetos.