Aprígio Afonso Fontana

 

Casada com Júlia Stedten e Matilde Emília Estrazulas 

Download

Clique no botão ao lado para fazer o download destas

e de outras  informações de Aprígio Fontana

Aprigio Afonso Fontana, filho de Afonso Fontana e Ana Dal Pont Fontana, nasceu no dia 09 de março de 1936, na cidade de Sombrio/SC. Até os 24 anos de idade morou na cidade de Sombrio/SC. No dia 30 de janeiro de 1961 veio para a cidade de Santa de Terezinha de Itaipu-Pr, desbravar as terras pouco habitadas, para trabalhar com a agricultura, pois seu pai havia dado 20 alqueres de terra na Vila São José - zona rural da cidade.

 

Fixou residência na Vila São José, onde sua primeira casa era de madeira, que ele próprio construiu. Nos arredores da casa havia um galpão e uma pequena criação de gado. Sendo assim, a sua primeira e principal fonte de renda e trabalho foi a criação de porcos e gado. No dia 14 de dezembro de 1963 casou-se com Julia Stedten, nascida em 03 de janeiro de 1944, no município de Sideropólis/SC, filha de Prudente Stedten e Izabel Pereira Figueiredo Stedten.

 

Salésio Fontana, primeiro filho do casal, nasceu no dia 06 de outubro de 1964. Homem trabalhador que, com os ensinamentos do pai, adquiriu conhecimento e gosto pela agricultura, ajudando o pai, até os dias de hoje, no cultivo de soja e milho. Aprigio, em 1967, conseguiu construir outra residência na mesma propriedade, porém agora de alvenaria. Com o passar do tempo, foi aumentando a propriedade com mais bem feitorias, como chiqueiros, galpões, açudes, estrebarias, pomares, jardins, entre outros.

 

No ano início dos anos 70, iniciou o cultivo de hortelã, com o rendimento deste cultivo conseguiu adquirir o seu primeiro veículo Ford/350, ano 1971, cor bege. Ainda na década de 70 começou a mecanização da agricultura, principalmente nas culturas de soja e trigo, que a mantém até os dias de hoje. Nesse mesmo período adquiriu o seu primeiro trator Massey Ferguson 275, ano 1977, com todos os implementos necessários para o cultivo da agricultura.

 

No dia 13 de março de 1978 nasce a filha caçula do casal, Tatiana Izabel Fontana, mulher dedicada, estudou pedagogia e psicopedagogia, trabalhando hoje na área de educação na prefeitura municipal de Santa Terezinha de Itaipu. Aprigio, educou seus filhos sempre com muito carinho, nunca deixando faltar nada, sempre com os princípios da honestidade. É uma pessoa muito generosa, alegre, gosta de fazer brincadeiras e de conversar sobre vários assuntos. É muito amigo, companheiro, carinhoso e honesto. Uma pessoa que você pode contar a qualquer momento que precisar, pois está sempre disposto. Muito religioso, indo à missa sempre que possível aos domingos. Tem devoção por Nossa Senhora Aparecida e Nossa Senhora das Graças. Dentro da sua rotina religiosa, além da missa aos domingos, também participa do terço dos homens todas as terças-feiras.

 

Mesmo tendo apenas o primário completo, para Aprígio a idade nunca foi impedimento para continuar os estudos. Atualmente cursa Faculdade de Conhecimentos Gerais voltado para a Terceira Idade na UNATI (Universidade Aberta à Terceira Idade), no campus da Unioeste, em Foz do Iguaçu/Pr e já cursou Informática na Provopar no ano de 2014.

 

Aprígio é um homem alto, elegante, forte, de olhos azuis, cabelos grisalhos, sempre de barba feita, gosta de se vestir bem de acordo com sua idade. Nunca deixando faltar o seu canivete no bolso. Seus divertimentos são os jogos de bocha, os bailes da terceira idade e a participação em cursos e projetos oferecidos pela prefeitura da cidade como pilates e hidroginástica. Gosta de assistir Tv, de participar dos encontros no CTG da cidade, de viagens e passeios. Adora uma polenta feita por ele mesmo e um bom vinho e uma sobremesa adora um pudim de leite.

               

Segundo Aprígio, seus amigos mais próximos são seu filho e netos, onde se visitam durante a semana. Tem também o Antônio Cechinel, Neri Pavei, Quintino Biff e Osli Frezza, que se encontram nos bailes da terceira idade e jogam baralho em suas casas, durante a semana. Aprigio Afonso Fontana foi um dos pioneiros da cidade de Santa Terezinha de Itaipu-Pr, juntamente com seus irmãos Ângelo Fontana e Adelino Fontana. Foi presidente da igreja da comunidade de São José por 15 anos nos anos 70 e foi membro do Sindicato Rural por dois mandatos.

 

Até os 70 anos de idade gostava de tocar seu gado com sua moto Honda 150, onde todos que o viam ficavam admirados com tamanha destreza e jovialidade que ele apresentava. Aprigio Afonso Fontana e Julia Stedten Fontana ficaram casados por 47 anos. Divorciarem no ano de 2011. Hoje, vive em união estável com Matilde Emília Estrazulas há 3 anos. Com isso, conta-se um pouco da história de um homem guerreiro, forte, honesto, trabalhador e um grande exemplo de vida. Que apesar de todas as dificuldades que enfrentou ao longo do seu caminho, nunca deixou que acabasse o ânimo e a vontade de seguir em frente.